Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Desigualdades Sociais

Sendo as desigualdades económicas e sociais uma realidade presente em todo o mundo, Cascais não é excepção, por detrás da aparente riqueza desta vila, mais concretamente das pessoas que nela habitam, temos pessoas que vivem em condições miseráveis. A nossa região é conhecida por ser a zona rica, o refúgio dos famosos, e quem aqui não vive, menciona os habitantes como: “as tias e os tios de cascais”. Mas é certo que não é bem assim. Na verdade esta vila apresenta uma dualidade impressionante, ora avistamos carros de poderosa cilindrada ora mendigos que trazem consigo os seus míseros bens.

 



Umas das zonas com maior qualidade de vida é a Quinta da Marinha, em 1921, Carlos Montez Champalimaud, comprou os 900 hectares da área da Quinta da Marinha ao Conde de Moser e deu início ao trabalho de fixação das areias e de plantação dos pinheiros que protegem a área dos ventos do Guincho. Carlos Montez Champalimaud morreria em 1936 e a disputa entre os herdeiros atrasou o desenvolvimento da Quinta, e apenas em 1976 é que se deu a partilha definitiva, tendo a quinta ficado dividida em quatro áreas: Abano, Raso, Euronova e Guia. Assim sendo, ao longo dos anos a Quinta da Marinha foi-se desenvolvendo e o espaço para construção de vivendas hoje em dia é praticamente inexistente.
Adoptou a ideia de “Quinta Privada”, conceito que se baseia na preservação da qualidade de vida tradicional.
Viver na zona da Quinta da Marinha, é uma garantia de qualidade única na Europa. Ter o Atlântico à porta, com casas protegidas do sol quente por muros de vegetação e rodeadas de pinheiros mansos não está ao alcance da maior parte dos cidadãos. Aqui respira-se qualidade de vida!













Por todos estes motivos muitos “famosos” decidem obter casa ou já viveram em Cascais, como por exemplo, Alexandra Lencastre, Luís Filipe Scolari, Ricardo Carriço, Pinto Balsemão, Álvaro Barreto, Marina Mota, Manuel Damásio, Carlos Monjardino, Carlos Cruz, Luciana Abreu, Maurice Reynauld, José Germano de Sousa, José Manuel de Mello, entre outros.


Como já tínhamos referido, e apesar de ser em menor escala, na vila também existe população com recursos económicos reduzidos, daí que a câmara tenha construído bairros sociais, como o Bairro da Cruz Vermelha, o Bairro da Torre, ou o "Bairro de Hollywood", ficando conhecido desta forma.
A Torre é um dos primeiros bairros de carácter social construídos no concelho de Cascais
, e os que aí moram, cada um à sua maneira, levam uma vida precária, pois nestes locais os residentes vivem em casas degradadas e reina a insegurança (devido aos roubos, ao tráfico e consumo de drogas, e situações de violência).

É impressionante como mesmo ao lado de vivendas ou condomínios possam estar inseridas populações sem qualquer nível e qualidade de vida, as autarquias em geral tendem a construir vários prédios contíguos para realojar as pessoas com menos posse económica, o que faz com que estes  residentes fiquem limitados ao local onde vivem, o “bairro”, pois não se conseguem incluir com a restante sociedade. Desta forma é mais fácil praticar a delinquência e criminalidade. Quanto à pobreza não há muitas soluções para isso, cada um é responsável pela sua própria produção e pelo seu próprio consumo de riquezas, mas para que a diferença social não se faça sentir de forma tão clara, julgamos que seria bom a Câmara de Cascais, futuramente actuar de outro modo, como dispersar o que actualmente se encontra concentrado num só ponto (o bairro), ou seja, fazer com que famílias se integrassem em habitações espalhadas pela vila, isto porque os comportamentos desviantes que acontecessem nestas zonas são potenciados pelo factor grupo. Se ele deixasse de existir, diminuiriam os conflitos, e pelo menos um factor negativo desta desigualdade desapareceria…a insegurança!

publicado por projectocascais às 23:04
link do post | comentar | favorito

.Mais sobre nós

.pesquisar

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Sinteses Finais

. Cascais e a Segunrança - ...

. O que se passa no Parque ...

. Desigualdades Sociais

. Estoril Sol Residence

. Cascais eleita a melhor v...

. Gostaria de visitar esta ...

. Estatísticas

. Iluminação de Natal

. Uma volta interessante..

.Cascais e o/a:

.Visitantes


Cascais, Portugal Current Weather

.subscrever feeds